Notícias
Missão técnica do Tocantins elogia programação do Interleite

04/08/2022 20h55

As perspectivas para o mercado leiteiro diante do aumento de custos de produção e preço e uma sensível queda no consumo pautaram o primeiro dia do 20o. Interleite, o maior fórum de discussão do setor que está sendo realizado em Goiânia, Goiás.

O evento está sendo acompanhado de perto por um grupo de produtores, técnicos e profissionais do Senar Tocantins que compõem uma missão técnica especialmente para o Interleite, que foi organizada pelo Senar e Sebrae Tocantins.

Na abertura, o presidente do sistema FAEG/Senar, José Mário Schreiner, destacou que o setor agropecuário vive momentos de tensão e oscilações que preocupam o produtor rural. Mas ele acredita que o Brasil vai se consolidar como um expoente na produção de alimentos para o Brasil e o mundo.

MERCADO

No primeiro dia do Interleite foram discutidos assuntos como a agenda do setor lácteo, direcionadores da rentabilidade da atividade leiteira, sistema de produção, ferramentas de produtividade, entre outros.

O que chamou muito a atenção dos presentes foram os casos de sucesso na atividade leiteira, como o exemplo de uma grande propriedade em Goiás e de um sítio de apenas 10 alqueires no Paraná. Nos dois casos, o investimento na alimentação e genética do rebanho com técnicas de manejo e diversificação da produção foram essenciais no resultado dos negócios.

“O exemplo do agricultor familiar serve para os produtores de leite do Tocantins, tanto os pequenos como os de assentamentos. Em pouco espaço, com a família trabalhando junta, o leite pode dar bons resultados”, disse o instrutor do Senar, o veterinário Valdir José Bortoluzzi.

Para o produtor Clodoaldo Batista, vice-prefeito de Palmeiras do Tocantins, o evento tem sido muito proveitoso. “Só tenho a agradecer o Senar pela oportunidade, porque estamos conhecendo aqui tecnologias valiosas pra serem aplicadas tanto na minha fazenda como na de outros produtores da nossa região”, destacou.

O 20º. Interleite é uma iniciativa da empresa MilkPoint Ventures e está sendo realizada com o apoio da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Goiás e do Senar, além de outras empresas e instituições públicas goianas. O evento termina nesta quinta, mas na sexta a missão técnica vai conhecer a experiência de uma cooperativa de leite em Palminópolis, Goiás.